quinta-feira, 20 de maio de 2010

Remetente: Eu


Ah, não joguem para cima de mim esse mundo hipócrita e sujo. Não quero ver mais nenhum de vocês que se ausentam virem com seus sorrisos largos e sujos me pedirem ajuda pra suas necessidades inúteis! Não peçam minha mão, porque eu não estenderei. Aos que me criticaram, aos que me esnobaram, aos que não me viram de fato. Eu não hei de vê-los, viro-me para o mundo, já que me assim foi feito!

Deixem este homem em paz!

De fato, gosto de escrever lá minhas loucuras, minhas melancolias, meus temores, as dores mais sentidas e pertubadoras do mundo.

"Inclino-me a escrever melancolias de modo que veja o ser que grita sem voz dentro de mim. Toma-me por fim como um anjo de asas negras, como um corvo carniceiro e sombrio que grasna do alto de uma cruz."

Humanos! Sempre senti um asco por essa espécie. O único animal que pensa que não é um animal. Sente-se a vontade para esclarecer os fatos e dizer no alto de sua sabedoria "Somos os únicos animais racionais".

...Diga-me: Onde existe racionalidade em nós?

Um comentário:

  1. De onde veio tal agressividade?
    Pare e reflita!

    ResponderExcluir