sexta-feira, 11 de junho de 2010

Dê asas a sua imaginação


Sabe-se que o fulgor dos teus olhos fazem de mim um ser vazio. Encarno o poeta e torno-me um domável bichano.

Dizem que me perdi neste caminho. As areias levaram com o tempo meus deveres, minhas ideias e eu mesmo.

Subiria as titânicas oros que se erguem acima de nossos olhos, atravessando as nuvens com seus picos salpicados de neve.

Voaria a barlavento, rodando os mares de águas revoltosas. Contornaria essa esfera sobre a qual pisamos e chamamos de morada.

Minha loucura não tem limites dentro do papel e sinto-me confortável por não poderes me decifrar.

Agora eu posso sorrir, sinto-me apto a dar gargalhadas. Rir de você, da sua ilusão, do mundo e das pessoas que nele transitam. Pouco me importa se agora o futuro é incerto, o que será de nós ou o que será de mim. Eu vivo aqui, dentro de minha mente eu sou o senhor de tudo. Sou rei, déspota, guerreiro, ancião, filósofo e até eu mesmo se assim me permitir.

Sinto prazer em construir textos e palavras. Elas me vem a mente e as saboreio como um apetitoso e suculento naco de carne. As palavras me enchem de luz e êxtase e me jogam num salto infinito para qualquer lugar do mundo. Percorro deserto, montanhas, mares e oceanos. Me sinto um aventureiro por entre as linhas.

2 comentários:

  1. ...E as palavras na mente, são saboreadas como se resumissem o destino humano. A única coisa que ainda me dói, é que a leitura dessas palavras não possa ser pegavel, palpável ou tocavel. Embora, consigam fazer de uma totalmente comum, alguém singular, nobre, e porque não filosofa? Risos..

    ResponderExcluir
  2. jéssica geni santos rajão22 de junho de 2010 15:46

    demonstra um mundo seu. O encanto da natureza esta sempre dentro de você.Nota-se o valor de suas palavras ao falar dela.A emoção de escrever é uma coisa singular, um dom,um aprendizado infinito. É bom ler e dar asas a imaginação, desvendar segredos, sonhar viajar nas palavras, nas idéias, distrair-se enquanto lê. è isso que eu sinto ao ler. Abraços. Sua mãe.

    ResponderExcluir